O desabafo de um cidadão brasileiro

quinta-feira, 20 de junho de 2013


Os jornais estão dizendo que hoje foram as ruas do país mais de 1 milhão de pessoas para expressar sua indignação com o que vem acontecendo com o nosso país. Indignação é uma palavra que não expressa o sentimento que está no coração de cada um de nós. A gota d'água foi o aumento excessivo das passagens de ônibus em todo o país. Mas na realidade o povo esta enojado de tanta sujeira que existe escondido nos palácios da nossa nação. 

O que acontece hoje é apenas o início de uma contagem regressiva que vai terminar nas urnas em 2014. Que o povo brasileiro continue acordado e que dê a sua maior resposta nas urnas das eleições do ano que vem! Que esta indignação, que esta náusea que o povo sente hoje não cesse até as próximas eleições! Que o povo brasileiro nunca mais seja comprado por bolsas disso e daquilo, ou ludibriado por falsas promessas feitas em palanques e altares! Que esta atitude do povo permaneça eternamente até que haja justiça limpa e permanente em nosso Brasil.

Os efeitos da unção

terça-feira, 21 de maio de 2013


Todas as vezes que o Senhor queria separar, capacitar ou transformar alguém, Ele ungia. No velho testamento Deus realizava três tipos de unção. Ele ungia para o ofício de profeta como Eliseu recebeu, para o ofício de sacerdote como Aarão recebeu, e para o ofício de rei como Davi recebeu. Esta unção separava, capacitava e transformava aquela pessoa que era o alvo da unção. Quando Deus unge alguém é porque Ele quer separa, capacitar e transformar sua vida. 


A bíblia diz em I Samuel 16:13 que o profeta ungiu a Davi no meio dos seus irmãos, e daquele dia em diante o Espírito do Senhor se apoderou de Davi. Ele foi ungido e separado para ser rei. A unção de Deus separa a vida do Cristão. Deus está derramando nestes últimos dias uma unção tremenda no meio de seu povo, separando, e dando vitória sobre todas as lutas. 

Além de separar, a unção transforma o Cristão. Em I Samuel 10:6 a bíblia diz: "O Espírito do Senhor se apoderará de ti e profetizarás com eles e serás transformado em outro homem." A unção do Senhor vem e transforma a vida do homem. Neste texto, Saul havia acabado de receber a unção e por consequência havia sido transformado pelo poder de Deus. Em Isaías 10:27 a bíblia diz que o jugo será despedaçado pela unção. A palavra hebraica para unção neste texto é shemen que quer dizer originalmente banha e por consequência gordura, óleo, unção e fertilidade. Quando a unção vem, ela transforma e quebra qualquer jugo na vida do homem, e por consequência traz prosperidade, fertilidade, saúde e paz. Que a Igreja do Senhor seja invadida por este óleo, esta gordura do Espírito Santo. 

A unção no velho testamento era realizada com óleo especial. Haviam ingredientes especialmente escolhidos pelo próprio Deus para compor este óleo de unção. Encontramos no livro de Êxodo 30 a receita para compor este óleo. 1) Mirra: representa renovação e embelezamento. Quem recebe esta unção se renova a todo instante. 2) Canela: é uma raiz forte. Representa firmeza. Quem tem esta unção é firme, não se abala nas tempestades da vida. 3) Calamo: é uma erva cicatrizante. Um unguento de cura. A unção quebra o jugo da enfermidade. 4) Cássia: Limpa e purifica. A unção quebra o jugo do pecado. 5) Azeite: representa o Espírito Santo em nossa vida. 

Além de tudo isso, a unção vem capacitar o Cristão. Em Atos 1:8 está escrito: "Mas recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo." Nestes últimos dias a Igreja de Jesus precisa ser cheia da unção que capacita para curar, para pregar, levando o evangelho verdadeiro a todas as nações. Que nós possamos buscar e receber a unção de Deus em nossa vida! 

As chaves para a sua vitória


Pressão, angustia, tormento, stress, perseguição, tribulação, problemas, dificuldades, são palavras que descrevem o que Jesus chamou no evangelho de João 16:33 de AFLIÇÃO. Ele disse: "No mundo tereis aflições." Isto é algo que ninguém quer, mas o Senhor disse e continua a dizer a sua Igreja: "Você vai viver momentos intensos de dificuldades, tribulações e opressões!" A palavra grega no original para aflições descreve o esmagamento de uvas em uma prensa. Jesus estava dizendo exatamente isto: "A luta virá tal qual uma prensa esmaga a uva." Complicado, difícil. O que fazer então? Talvez seja melhor abaixar a cabeça e desistir. Entregar os pontos. Deixar ser levado pelas lutas. Prostrar-se e abandonar tudo. Mas será esta a melhor coisa a fazer? 

Na mesma palavra de João 16:33, o Senhor Jesus depois de falar sobre as aflições nos dá duas chaves que nos farão passar como vitoriosos pelo vale das lutas. A primeira chave é TER ÂNIMO, isto é, não desanimar, não desistir, ir em frente e não se deixar vencer por nada e nem por ninguém. Lutar, porque você nasceu para vencer. A segunda chave é FOCAR NA VITÓRIA DE CRISTO NA CRUZ, Ele disse: "Eu venci o mundo." A Igreja tem olhado para todas as coisas, menos para Jesus. Ele venceu o mundo, e através Dele nós também vencemos. O apostolo Paulo disse: "Mas em todas essas coisas somos mais que vencedores por aquele que nos amou." (Rm 8:37)

Se você está passando por aflições, esmagado na prensa dos seus problemas, preste atenção! Tenha ânimo e foque na vitória de Cristo porque através Dele tanto você como eu, nós, somos mais que vencedores. 

Não tenha medo!


Você já teve alguma reação física (estou falando de dores de cabeça, diarreias) ao enfrentar alguma situação que te deixou com tanto medo, e por consequência tão nervoso e preocupado, que sua vontade era de cavar um buraco bem fundo na terra e se esconder dentro dele? Isto parece engraçado, mas todos nós sabemos que não é! O medo é um inimigo poderoso. Cada um reage de uma maneira diferente. Uns tem dores de cabeça, de barriga, outros suam frio, entre milhares de outras reações. E ai surge uma pergunta: o que devemos fazer com esse medo? 

Davi ao escrever o Salmo 23:4 diz: "Ainda que eu andasse pelo vale da sombra e da morte, não temeria mal algum, porque Tu estás comigo." Esta deve ser a nossa atitude: não temer.

No Salmo 3:6, Davi diz: "Não terei medo de dez milhares de pessoas que se levantem contra mim." O medo deve ser lançado fora de nosso coração. No dicionário da lingua portuguesa, a palavra medo é definida como um sentimento de grande inquietação diante de um perigo. Mas eu prefiro a minha definição de medo: "Medo é reconhecer no inimigo o poder e força superior a sua." Ao temer qualquer um, qualquer coisa, ou ainda qualquer situação, você está reconhecendo que aquilo tem força e poder superior a você. E a palavra de Deus diz que devemos temer somente ao Senhor, porque Ele é superior a nós em força e poder. 

No Salmo 3, texto que já sitamos anteriormente, Davi diz que não teme seus inimigos por três razões. E estas devem ser as nossas razões também. A primeira razão é que o Senhor é o nosso escudo. Ou seja, nossa proteção. A segunda razão é que o Senhor é o nosso sustentador. Ele nos sustenta com tudo o que precisamos. E a terceira razão é que Ele é Salvador. Davi termina o Salmo dizendo: "A salvação vem do Senhor." 

Devemos entender  que a parte do Senhor, Ele fará. A nossa parte é confiar, lançar fora de nós o medo e seguir em frente. 

Valente do Senhor


Há um texto em Isaías 13:3 onde o Senhor diz: "...já chamei os meus valentes..." texto que sempre me chamou a atenção. Entendo que estamos em constantes lutas, constantes guerras, e para vencermos nossas lutas é preciso que sejamos valentes. Um exemplo de valentia é Davi ao enfrentar o gigante Golias. Em Israel ninguém, inclusive Saul, não era valente o suficiente para enfrentar o gigante. Ninguém, exceto Davi. Antes de Davi enfrentar Golias, Saul estava sendo perturbado por um espirito maligno. Ao pedir que trouxessem alguém que pudesse livrá-lo daquele mal, um de seus servos lhe disse: "Tenho visto um filho de Jessé que sabe tocar e é valente, o Senhor é com ele." (I Samuel 16:18) Davi venceu ao demônio que perturbava a Saul e depois venceu a Golias que perturbava Israel. O Senhor quer que seu povo seja valente.

O valente é corajoso, o valente é guerreiro, o valente é campeão. Seja um valente do Senhor. Encare o seu inimigo de frente. Seja ele um demônio, um urso ou um gigante. Seja corajoso, guerreiro e vença suas lutas, se tornando um campeão do Senhor. 

O Deserto


Existem situações que passamos em nossas vidas, que são complicadas, doloridas, e que arrancam de nossos olhos muitas lágrimas. Lágrimas que são extraídas de nossa alma, pois se os olhos são as janelas de nossas almas, podemos entender que nestas situações, nossa alma fica encharcada de dor e tristeza, e até não compreendemos por que estamos vivendo este momento. Estas situações são comparadas por nós como estar no deserto. No dicionário da língua portuguesa, a palavra deserto significa "lugar desabitado, despovoado, solitário e árido", um lugar de ninguém. No latim a palavra é "desertos" e quer dizer "lugar arruinado, abandona e esquecido", é simbolo do vazio e ausência. E você há de concordar comigo, que passamos por situações em que vivemos solitários, áridos, estéreis, abandonados e como consequência, ausentes e vazios. Cada um de nós vivemos o nosso deserto. 

Mas quando olho para as escrituras, como a entender o que é realmente este deserto. O deserto mesmo com todos os seus confrontos, é um lugar onde Deus nos leva para nos esconder. Parece uma contradição, mas não é. Basta ver a visão de apocalipse 12:6 e 14, onde a mulher da profecia fugiu para o deserto, lugar que já tinha sido preparado por Deus para que ela fosse alimentada? Onde? Bem ali no deserto. O Senhor levou a mulher ao deserto e a escondeu ali. Entenda que mesmo com sentimentos de dor e por situações difíceis, o Senhor está te escondendo bem no deserto pela qual você está passando.

O deserto é o lugar de ser preparado pelo Senhor. João Batista esteve nos desertos até o momento certo de mostrar-se a Israel. Deserto é lugar de preparação (Lucas 1:80).

O deserto também é lugar de ouvir Deus falar. Foi no deserto que o Senhor falou com João Batista e deu a ele o que deveria ser dito as pessoas (Lucas 3:2). Pare e ouça o que o Senhor quer falar com você. Você está no deserto para ouvir o Senhor falar! 

E finalmente, o deserto é lugar de experimentar os sinais do Senhor (Atos 7:36). Israel no deserto viu e experimentou a ação sobrenatural do Senhor Deus. 

Alegre seu coração e entenda que o deserto é o lugar que Deus nos leva para que sejamos preparados e escondidos por Ele. E também de ouvi-lo falar e experimentar os seus sinais. 

Triunfar em Cristo


Diz a história que os exércitos de Roma quando voltavam de suas conquistas, entravam nas cidades demonstrando de forma efusiva suas vitórias. Músicas eram entoadas e o exército e seu líder levavam os cativos em marcha, sentindo o cheiro das especiarias que queimavam por toda cidade. Todos sabiam que eram exércitos que estavam em batalha, e que agora voltavam triunfantes. 

A Palavra de Deus diz: "E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós, manifesta em todo lugar o cheiro do seu conhecimento." (II Co 2:14) A palavra triunfante neste texto é: "thriambeuo" e que descreve exatamente esta entrada dos exércitos com os soldados e cativos em plena demonstração de triunfo. Por quê? Haviam vencidos! Sofreram, guerrearam e triunfaram.

Para entendermos melhor, vamos olha um outro texto onde esta palavra aparece: "E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo." (Cl 2:15) Consegue ver a idéia? Jesus venceu os inimigos. Tornou-os cativos, e os expôs como perdedores e derrotados. Eles estão vencidos por Cristo. O Senhor fez isso por nós, e agora somos nós que fazemos isso em Cristo. O Pai sempre nos faz triunfar Nele. E através de nossa vitória o mundo sente o cheiro de Cristo. Não podemos perder! Porque Cristo não perdeu. Nele somos triunfantes. Levante a cabeça, siga em frente! Deus sempre nos faz triunfar em Cristo! 

Seguidores de Cristo

 
Blog do Pastor Jessé © 2013